sexta-feira, 9 de novembro de 2018

PoSk no Zine Fest

Tivemos um encontro PoSk #49 como pretexto para à tarde nos juntarmos à Zine Fest que aconteceu no mítico Centro Comercial Brasília, onde nos juntámos ao mercado de edições e abrimos as portas à exposição de diários gráficos mesmo ao lado :)



quinta-feira, 8 de novembro de 2018

4º Encontro Internacional de Desenho de Rua de Torres Vedras - dia 3

No terceiro e último dia, visitamos de manhã a Casa da Ribeira onde tivemos a primeira oficina orientada pelo Pedro Cabrale por Domingos Guimarães. Fiz apenas dois exercícios dos quatro propostos, "Peças soltas" e "Desenhr desenhadores"






De tarde estivemos no Vale da Capucha onde tivemos a última oficina, orientada pela Alexandra Belo e o Vitor Migacho, "Focado, desfocado" em que se pretendia criar a ilusão de perspetiva ou profundidade através do diferente tratamento dos planos





No final esperava-nos um concerto de acordeão, integrado no festival de acordeões do mundo.
Pintei o instrumento musical por sugestão da Rosa Trías, que nos concerto dá sempre uma cor à música, gostei do resultado :)


quarta-feira, 7 de novembro de 2018

4º Encontro Internacional de Desenho de Rua de Torres Vedras - dia 2

O segundo dia começou com as conferências de desenho de rua, em que pudemos conhecer os orientadores das oficinas e o que podíamos esperar delas.






A primeira oficina da tarde foi na Quinta da Boa Esperança, em que a Luísa Frazão e a Rosa de Trías nos puseram a explorar as colagens e o desenho sobre os mapas. Gostei muito dos exercícios e dos resultados :)




À noite foi tempo de desenho dos colegas destas andanças :)











4º Encontro Internacional de Desenho de Rua de Torres Vedras - dia1

Desenhos feitos durante o 4º Encontro Internacional de Desenho de Rua de Torres Vedras. Entre reencontros, desenhos, oficinas e muitas surpresas numa iniciativa mais uma vez tão bem organizada pelo André Duart Batista em colaboração com a C. M. de Torres Vedras :)
Este ano Torres Vedras partilha com Alenquer o titulo de Cidade Europeia do Vinho, por isso o encontro não podia deixar de andar à volta deste tema integrando as iniciativas em locais apropriados, com muitas visitas e provas de vinhos :)

No primeiro dia o desenho foi livre mas orientado pelo André e pelo Domingues Guimarães num percurso para conhecer e desenhar algum do património da edificado da cidade, passando por alguns locais de destaque como o Instituto do Vinho e da Vinha.









À noite visitamos a Casinha dos Avós, uma casa cheia de história, onde fomos recebidos pela Dona Leonor e sua filha, que nos mostraram os belos recantos da casa e nos brindaram com algumas surpresas :)




quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Livro viajado!

O nosso livro já viaja para todo o lado :)






terça-feira, 23 de outubro de 2018

Residência Artística em Caminha

No âmbito da iniciativa "Sketching com História", uma parceria entre a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho e os USkP, propus-me a uma residência artística numa das localidades do Alto Minho e acabei por ficar em Caminha.

Caminha é uma vila raiana linda, banhada pela foz do rio Minho e com Espanha a assomar do outro lado. Encontrei por aqui muitos peregrinos, faziam a passagem pelo Caminho Português da Costa da rota de Santiago. Fui apanhada de surpresa com o frio com que esta localidade me recebeu, e os meus desenhos demorados contribuíram para que acabasse o dia sempre gelada!
Fiquei três dias mas nem por isso desenhei muito, fiquei sempre virada para o interior da vila e demorei-me nos pormenores que os edifícios e recantos das ruas tinham para oferecer.

Na manhã do primeiro dia demorei-me um pouco a conhecer a cidade e identificar locais para desenhar.


Já quase pela hora do almoço comecei o primeiro desenho no "Largo do Terreiro", uma praça central com demasiadas esplanadas mas bonita, com muitos pontos de interesse. Aqui neste desenho ficaram registados o chafariz, com a torre do relógio e parte do edifício dos Paços do Concelho ao fundo.


Sentada num cantinho da rua direita, dediquei-me a este pequeno largo, a bonita e grandiosa árvore chamou-me a atenção fazendo uma composição interessante com o edifício ao lado. Um senhor que haveria de encontrar mais vezes disse-me que esta árvore era muito antiga, já tinha para mais de 200 anos!


Tinha visto esta pequena capela no primeiro dia e achei-a linda para desenhar, estava sempre aberta. O interior é pequeno e muito escuro, a visão demora um pouco a adaptar-se mas depois descobre-se uma imensidão de santos nos seus pequenos altares.


Remonta ao séc. XV a igreja Matriz e estava programada para a tarde do segundo dia! Aqui percebi a frase " De Espanha, nem bons ventos nem bons casamentos", nomeadamente a parte dos ventos! Desenhei-a desde o topo da muralha que a envolvia na parte frontal e levantou-se um vento frio vindo de Norte que me fustigou o tempo todo! No final recolhi-me um pouco no interior para aquecer...! Do lado direito pode-se ver a grande árvore de 200 anos!


No terceiro dia Já tinha programado desenhar uma destas ruas com uma fileira de edifícios mais antigos, eram impossíveis de contornar, com as suas fachadas repletas de azulejos e os gradeamentos trabalhados das varandas. 

Demorei-me neste desenho à sombra e o senhor que me deu a informação da árvore, insistia comigo para que fosse para o sol pois ia apanhar uma bela gripe. Foi graças a ele que apareceram aqueles dois carros pintados pois estava decidida a deixa-os em branco - "Então mas ainda vai pinta-los, não vai? Assim parecem uns buracos!" - acho que ele tinha razão :)


Ao longo dos dias fui recolhendo alguns elementos que achei mais representativos de Caminha: os trabalhos de cantaria em granito, os azulejos com uns padrões lindos e muito variados e uma série de outros elementos como as placas toponímicas ou as indicações do Caminho de Santiago.

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

"Porto no Bolso" - a exposição

Umas fotos da minha participação na exposição "Porto no Bolso" na Cooperativa Árvore, gentilmente cedidas pelo Armando Baldaia :)
Mais fotos da exposição e de algumas iniciativa paralelas AQUI



sábado, 13 de outubro de 2018

PechaKucha Aveiro

O PechaKucha.Aveiro foi assim
Um pequenino resumo dos 10 projetos apresentados na sessão #0 no Avenida Café-Concerto! O formato é o 20x20, 20 slides de 20 segundos cada para apresentar um projeto criativo. Muito giro, venha o próximo ;)


 

 

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

"Aos Papéis! Edições ambulantes"

Dia 12 e 13 de Outubro vai acontecer na Cooperativa Árvore, no Porto, em cooperação com o grupo PoSk (Porto Sketchers), a exposição "Porto no Bolso", uma exposição de diários gráficos e ilustrações sob o tema "Porto".
A inauguração é dia 12 pelas 17:00,  também terei por lá alguns cadernos.

Paralelamente, acontecerão oficinas e outras atividades que podem conhecer AQUI

Não percam ;)


 

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

(a)Riscar o Património em Aveiro

Este sábado estivemos (a)Riscar o Património por Aveiro. Sob o tema "Partilhar Memórias" estivemos a revisitar os lugares das antigas muralhas de Aveiro :)